Fundos BR RSUFCSPA FFCMED - Faculdade Católica de Medicina de Porto Alegre

Correspondência Correspondência Correspondência Parecer Parecer Parecer Parecer Correspondência Correspondência Correspondência
Resultados 1 até 10 de 3372 Mostrar tudo

Área de identificação

Código de referência

BR RSUFCSPA BR RSUFCSPA FFCMED

Título

Faculdade Católica de Medicina de Porto Alegre

Data(s)

  • 1953-1969 (Acumulação)

Nível de descrição

Fundos

Dimensão e suporte

Documentos textuais. Aproximadamente 15 metros lineares de documentos.

Área de contextualização

Nome do produtor

(1953-1969)

História administrativa

A criação da Faculdade Católica de Medicina de Porto Alegre aconteceu por um contexto de carência de médicos no Estado do Rio Grande do Sul, além da criação do Hospital de Clinicas de Porto Alegre. Esse fato poderia ocasionar a perda de professores da então Faculdade de Medicina da UFRGS para esse hospital.
Nesse sentido o professor Ruy Cirne Lima (provedor em exercício da Santa Casa) propôs no dia 07 de dezembro de 1953, em sessão ordinária da Mesa Administrativa a fundação da Faculdade de Medicina de Porto Alegre. Proposta essa aprovada por unanimidade, sendo encaminhado um requerimento ao Arcebispo Dom Vicente Scherer, solicitando providências no atendimento do pedido.
Dom Vicente Scherer diz no Decreto de criação que atendendo ao requerimento da mesa administrativa da Irmandade Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre e considerando os benefícios que, para a difusão da fé, o ensino e o mesmo hospital de indigente, que aquela Irmandade mantem, advirão da criação de uma Faculdade Católica de Medicina de Porto Alegre.
Então, foi criada em 08 de dezembro de 1953 por Decreto do Arcebispo Metropolitano de Porto Alegre com a denominação de Faculdade Católica de Medicina de Porto Alegre e autorizada a funcionar pelo Decreto nº 50165, de 28 de janeiro de 1961, foi reconhecida pelo Decreto nº 54.234, de 02 de setembro de 1964.
A Faculdade Católica de Medicina de Porto Alegre estava ligada a Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre. Em 26 de abril de 1955, é publicado no Diário Oficial do Estado o estatuto desta faculdade.

História do arquivo

A construção da história cultural da UFCSPA está constituída por meio da simbologia e registros documentais. Esses comprovam e testemunham suas atividades, mudanças institucionais e administrativas. Essas mudanças implicaram na construção e reconstrução de sua identidade, sendo registrados nos documentos desse momento histórico.
A produção dos documentos seguia normativas de uma instituição privada, possuindo muitos registros referente a situações políticas, assim como projetos estruturais de criação de prédios, espaços físicos, etc. Nesse arquivo verifica-se um cunho religioso e cultural muito acentuado, visto que era ligada a Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre.
A Divisão de Arquivos custodia os documentos da Faculdade Católica de Medicina, sendo documentos textuais. A documentação está tendo um tratamento arquivístico e sendo preservada de forma cuidadosa. Esses documentos serão digitalizados e divulgados a fim de preservar os conjuntos documentais e prover a pesquisa.

Procedência

Documentos custodiados pelo arquivo e fruto das funções e atividades dessa instituição.

Área de conteúdo e estrutura

Âmbito e conteúdo

Documentos produzidos e recebidos pela Fundação Faculdade Católica de Medicina de Porto Alegre no cumprimento das atividades relacionadas ao ensino, pesquisa, extensão e assistência estudantil, assim como funções concernentes a atividade-meio

Avaliação, selecção e eliminação

Foram eliminados documentos referente à atividade-meio e atividade-fim. São guardadas amostras dos conjuntos documentais para demostrar como eram realizadas as atividades. As atas da CPAD, assim como listagens e editais de eliminação estão disponíveis para consulta, através do contato com a Divisão de Arquivo.

Ingressos adicionais

Não existem previsão de ingressos adicionais de documentos nesse fundo.

Sistema de arranjo

Na construção do arranjo foi adotados os níveis fundo e série, composto pelas seguintes séries: Administração Geral; Ensino Superior; Pesquisa; Extensão; Assistência Estudantil; Assuntos Diversos.
Portanto, o fundo está organizado em série referente à atividade-meio e atividade-fim.

Área de condições de acesso e uso

Condições de acesso

O acesso aos documentos públicos está pautado pela Lei 8.159 de 08 de janeiro de 1959 e pela Lei 12.527 de 12 de novembro de 2011, denominada Lei de Acesso à Informação (LAI).
É permitido pesquisa mediante solicitação prévia. Documentos de caráter permanente são disponibilizados a comunidade interna e externa diretamente pela Divisão de Arquivo.
As informações são disponibilizadas por meio de contato com a Divisão de Arquivo por meio de correio eletrônico. Informações via contato telefônico não são permitidas.
A consulta é aberta à comunidade interna e externa, sem custos e sem limitação para a requisição de material a ser consultado. É obrigatório o uso de Equipamento de Proteção Individual (EPI), tais como luvas e máscaras descartáveis a ser trazido pelo pesquisador.O empréstimo de documentos é permitido aos órgãos internos da UFCSPA.
O empréstimo para finalidades administrativas é providenciado no prazo de 5 (cinco) dias uteis a partir da data de solicitação.
No caso de empréstimo para pesquisa é necessário um prazo de 60 (sessenta) dias uteis a partir da data da solicitação.

Condiçoes de reprodução

Os documentos impressos poderão ser reproduzidos através de processo reprográfico de digitalização e/ou fotografia

Idioma do material

  • português do Brasil

Script do material

Notas ao idioma e script

Documentos em português, sem outra caracteres especiais de escrita.

Características físicas e requisitos técnicos

Documentos em suporte de papel, com aproximadamente 15 metros lineares de documentos. Os documentos estão em estado de conservação regular, apresentando sujidades, furos, manchas, esmaecimento, enfraquecimento do suporte, podendo necessitar de pequenos reparos

Instrumentos de descrição

Guia e inventário. O catálogo está em elaboração.

Área de documentação associada

Existência e localização de originais

Documentos originais. Encontram-se na Divisão de Arquivo da UFCSPA.
Existe também a possibilidade de consulta a Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre, visto que a faculdade estava ligada diretamente a Santa Casa.

Existência e localização de cópias

Na possibilidade de existência de cópias essas encontram-se na Divisão de Arquivo da UFCSPA. Existe também a possibilidade de consulta a Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre, visto que a faculdade estava ligada diretamente a Santa Casa.

Unidades de descrição relacionadas

Está relacionada com o andamento das mudanças jurídicas e administrativas e com a posterior continuação dessa instituição como Fundação Faculdade Católica de Medicina de Porto Alegre.

Nota de publicação

Referente a essa unidade de descrição em 2007 foi publicado um livro denominado "Memórias da criação da Fundação Federal de Ciências Médicas de Porto Alegre, além de trabalhos de graduação no curso de Arquivologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Área de notas

Nota

Esse fundo apresenta uma vinculação da Faculdade com a Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre, visto que era mantenedora da instituição.

Nota

Fundo fechado

Identificador(es) alternativos

Pontos de acesso

Pontos de acesso de assunto

Pontos de acesso local

Ponto de acesso nome

Pontos de acesso de gênero

Área de controle da descrição

Identificador da descrição

FFCMED

Identificador da instituição

Faculdade Católica de Medicina de Porto Alegre

Regras ou convenções utilizadas

ARQUIVO NACIONAL. CONARQ. NOBRADE: norma brasileira de descrição arquivística. Rio de Janeiro: CONARQ, 2006. Disponível em: http://www.CONARQ.arquivonacional.gov.br/Media/publicacoes/NOBRADE.pdf. Acesso em: 02 de dezembro de 2015.

CONSELHO INTERNACIONAL DE ARQUIVOS. ISAD(G): Norma geral internacional de descrição arquivística. 2. ed. Rio de Janeiro: CONARQ, 2000. Disponível em: http://www.CONARQ.arquivonacional.gov.br/Media/publicacoes/isad_g_2001.pdf. Acesso em: 02 de dezembro de 2014.

DUCHEIN, Michel. O respeito aos fundos em Arquivística: princípios teóricos e problemas práticos. Arquivo & Administração, Rio de Janeiro, v. 10-14, n. 1, abr. 1986

Status

Final

Nível de detalhamento

Completo

Datas de criação, revisão, eliminação

24 de setembro de 2015

Idioma(s)

  • português do Brasil

Sistema(s) de escrita(s)

Fontes

Arquivo Nacional. Conselho Nacional de Arquivos e demais pesquisas acadêmicas sobre a temática.

Nota do arquivista

Descrição elaborada pela arquivista Graziella Cé, sob orientação do Prof. Dr. Daniel Flores

Zona da incorporação

Pessoas e organizações relacionadas

Gêneros relacionados

Lugares relacionados