Séries 100 - Ensino Superior

image 01 image 02 Ofício Ofício de Estágio Ofício de Atividades Correspondência Correspondência image 01 image 02 image 03
Resultados 1 até 10 de 893 Mostrar tudo

Área de identificação

Código de referência

BR RSUFCSPA FFFFCMPA-100

Título

Ensino Superior

Data(s)

  • 1980-1987 (Acumulação)

Nível de descrição

Séries

Dimensão e suporte

Documentos textuais não mensurados.

Área de contextualização

Nome do produtor

(1980-1987)

História administrativa

A Lei nº 6.891 de 11 de dezembro de 1980- publicação no Diário Oficial da União de 15 de dezembro de 1980 - transforma a Fundação Faculdade Católica de Medicina de Porto Alegre em uma fundação dotada de personalidade jurídica de direito privado e vinculada ao Ministério da Educação e Cultura denominada Fundação Faculdade Federal de Ciências Médicas de Porto Alegre. Essa lei foi assinada pelo Presidente João Figueiredo e pelo Ministro Ibrahim Abi-Ackel.
Essa lei dispõe em seu Art. 5º que o “Diretor da Fundação Faculdade Federal de Ciências Médicas de Porto Alegre, livremente escolhido e nomeado em comissão pelo Presidente da República, dirigirá e coordenará todas as atividades da instituição e presidirá seu Conselho Diretor”. Nesse mesmo artigo parágrafo único menciona que “o Conselho Diretor e os demais órgãos colegiados da Faculdade terão sua constituição e atribuições definidas no Estatuto e Regimento”.
Tem seu estatuto aprovado, na forma da lei, pela Portaria n° 238, de 29 junho de 1982, do Ministro de Estado da Educação e Cultura, publicado no Diário Oficial da União de 02 de julho de 1982. Essa universidade rege-se pelo Regimento, Estatuto e pela legislação do ensino superior.
Essa faculdade tem seu estatuto aprovado, na forma da lei, pela Portaria n° 238, de 29 junho de 1982, do Ministro de Estado da Educação e Cultura, publicado no Diário Oficial da União de 02 de julho de 1982, sendo essa faculdade regida pelo Regimento, Estatuto e pela legislação do ensino superior.
A Fundação Faculdade Católica de Medicina de Porto Alegre tem por objetivo: a formação de profissionais e especialistas de nível superior aptos ao exercício da medicina; a realização de pesquisas e o estímulo de atividades criadoras; a extensão do ensino e da pesquisa à comunidade mediante cursos e serviços especiais; a realização de pesquisas e a divulgação científica e tecnológica, especialmente aplicáveis, em bases nacionais à cito-oncologia.
Observa-se que em 1980, portanto não existe mais vinculação com a Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre. A única vinculação faz referência à incorporação de bens. O quadro de pessoal será regido pelo regime trabalhista.
Do período compreendido entre 1979 a 1988 o cargo de diretor foi ocupado por Heitor Masson de Cirne Lima.

História do arquivo

O Ensino superior dispõe de conjuntos documentais concernentes as atividades acadêmicas, incluso reestruturação curricular. Portanto, é um acervo, riquíssimo para pesquisas do ensino médico no Rio Grande do Sul, trazendo de uma forma geral documentos referentes à concepção, organização e funcionamento do ensino superior, com documentação de programas didáticos, informações de matricula e da vida acadêmica dos alunos. A Divisão de Arquivo custodia a documentação referente à graduação: livros de chamada, dossiês de alunos, cardex, livro de matricula, atas de estágio.Quanto à pós-graduação possui documentos referentes a curso de especialização, além de documentos concernentes a vida acadêmica dos acadêmicos.Os documentos são tratados arquivisticamente por meio do acondicionamento adequado, agrupados e ordenados cronologicamente.

Procedência

Documentos custodiados pelo arquivo e fruto das funções e atividades dessa instituição.

Área de conteúdo e estrutura

Âmbito e conteúdo

Os documentos desse momento histórico reflete a vida acadêmica dos alunos de graduação, pós-graduação e da residência médica

Avaliação, selecção e eliminação

Foram eliminados documentos com temporalidade expirados de acordo com o código indicado.

Ingressos adicionais

Não há previsão de ingressos adicionais

Sistema de arranjo

Os documentos estão organizados de acordo com as séries estabelecidas pelo Código de Classificação de Documentos de Arquivo relativo às atividades-fim das IFES, que subdivide a Série “Ensino Superior” em cinco subséries: Normatização. Regulamentação; Cursos de Graduação; Cursos de Pós-Graduação Stricto Sensu; Cursos de Pós-Graduação Lato Sensu; Outros assuntos referentes ao ensino superior

Área de condições de acesso e uso

Condições de acesso

Permitido pesquisa mediante solicitação prévia

Condiçoes de reprodução

Os documentos impressos poderão ser reproduzidos através de processo reprográfico de digitalização e/ou fotografia

Idioma do material

  • português do Brasil

Script do material

Notas ao idioma e script

Documentos em português, sem outros caracteres especiais de escrita.

Características físicas e requisitos técnicos

Os documentos estão em estado de conservação regular, apresentando sujidades, furos, manchas, esmaecimento, enfraquecimento do suporte, podendo necessitar de pequenos reparos.

Instrumentos de descrição

O catálogo está em elaboração.

Área de documentação associada

Existência e localização de originais

Documentos originais. Encontram-se na Divisão de Arquivo da UFCSPA.

Existência e localização de cópias

Na possibilidade de existência de cópias essas encontram-se na Divisão de Arquivo da UFCSPA.

Unidades de descrição relacionadas

Está relacionada com o andamento das mudanças no ensino e com a posterior continuação dessa instituição como Fundação Federal de Ciências de Médicas de Porto Alegre.

Nota de publicação

Foram realizados trabalhos para conclusão de curso e relatório de estágio de estudantes de Arquivologia que utilizaram a temática bem como a documentação custodiada pelo arquivo.

Área de notas

Identificador(es) alternativos

Pontos de acesso

Pontos de acesso de assunto

Pontos de acesso local

Ponto de acesso nome

Pontos de acesso de gênero

Área de controle da descrição

Identificador da descrição

FFFFCMPA

Identificador da instituição

Fundação Faculdade Federal de Ciências Médicas de Porto Alegre

Regras ou convenções utilizadas

ARQUIVO NACIONAL. CONARQ. NOBRADE: norma brasileira de descrição arquivística. Rio de Janeiro: CONARQ, 2006. Disponível em: http://www.CONARQ.arquivonacional.gov.br/Media/publicacoes/NOBRADE.pdf. Acesso em: 02 de dezembro de 2015.

CONSELHO INTERNACIONAL DE ARQUIVOS. ISAD(G): Norma geral internacional de descrição arquivística. 2. ed. Rio de Janeiro: CONARQ, 2000. Disponível em: http://www.CONARQ.arquivonacional.gov.br/Media/publicacoes/isad_g_2001.pdf. Acesso em: 02 de dezembro de 2015.

Status

Final

Nível de detalhamento

Completo

Datas de criação, revisão, eliminação

07 de Dezembro de 2015.

Idioma(s)

  • português do Brasil

Sistema(s) de escrita(s)

Fontes

Arquivo Nacional. Conselho Nacional de Arquivos e demais pesquisas acadêmicas sobre a temática.

Nota do arquivista

Definição do arranjo e da descrição arquivística foi elaborada pela arquivista Graziella Cé, sob orientação do Professor Daniel Flores, também contando com uma equipe de estagiários.

Zona da incorporação

Assuntos relacionados

Pessoas e organizações relacionadas

Gêneros relacionados

Lugares relacionados